Meirelles pede 2.495 vagas em concursos

Após análises e estudos da demanda dos Órgãos fazendários, o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, enviou na última terça-feira, dia 7, um aviso ao ministro interno do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira. Meirelles apresentou a necessidade de um quadro de pessoal mais robusto para o Ministério. Ele acredita que, mais do que acarretar despesas, os concursos poderiam auxiliar no atual cenário econômico nacional. Isto porque, de acordo com a Nota Técnica divulgada, embora as demandas por novos ingressos a princípio cause aumento de despesas, a recomposição e profissionalização do corpo técnico do órgão acabará por promover ingresso de receitas significativamente superior, gerando benefícios para toda a estrutura estatal e para as finanças públicas nacionais

Por isso, poderão ser lançados editais ao longo do próximo semestre.

Nível médio em destaque

A solicitação refere-se ao preenchimento de 2.495 vagas para os níveis médio e superior, integrando o pedido órgãos vinculados à Fazenda, como Receita Federal do Brasil (RFB),  Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

O maior número de oportunidades concentram-se no cargo de Assistente Técnico Administrativo (ATA), de nível médio, com solicitação de 787 vagas, seguida das carreiras de analista e auditor da receita federal, com 600 e 400 vagas, respectivamente.

Faixa salarial elevada

A remuneração inicial para de nível médio é de R$ 3.671,82, incluindo auxílio-alimentação, de R$ 458. O salário inicial de auditor é de R$ 21 mil, chegando a 30 mil no topo da carreira.

Também foram solicitadas 60 vagas para analista técnico administrativo, de nível superior, com salários inciais de R$ 4.884,02. A solicitação da Fazenda incluiu ainda 80 vagas de agente executivo, de nível médio, com vencimentos iniciais de R$ 5.549,43, sendo 40 vagas para a Superintendência de Seguros Privados (Susep) e 40 destinadas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Um cargo de destaque é o de analista de finanças e controle (superior; R$15.376,70), do Tesouro Nacional.

Foram solicitadas também 150 vagas para Procurador da Fazenda Nacional para advogados com prática forense de no mínimo dois anos, que terão remuneração inicial de R$ 17.330,33.

 

*Vagas em concursos públicos de todo o Brasil, notícias e dicas de estudo: http://gabaritandotudo.com.br